Friday, January 11, 2008

O dia em que o céu faltou

As flores hoje não se abriram,

Os raios do sol não as alcançou.

A terra esqueceu-se de germinar,

Mais uma vez perdi o céu.

Seria falta de agradecer? Exagero meu?

Não sei, só sei que nem pensei...

O vento, estaria com má vontade

Ou minha ansiedade é que disparou?

Talvez fosse isso mesmo, não dá

Prá mensurar.

Eu sentia firmemente o chão,

O dia em que o céu faltou.

Mas faltou dentro de mim e não fora.

Faltou uma parte de mim acreditar.

Minha fé não teve forças suficiente,

Para te sentir, nesse dia...

O dia em que o céu faltou.

1 comment:

Thalita said...

E viva o sopro do criador na nossa alma, pra gente lembrar que somos humanos...Graças.
Beijos