Thursday, September 07, 2006

Espelho

Olhei-me no espelho,
E no reflexo invertido
Vi um outro eu, forte,
Sagaz, tinha nos olhos
O brilho da atitude
Que a mim falta.
No sorriso limpo, a clareza
De espírito que há muito busco.
Não reconheci a silhueta
Que ali se apresentava.
O espelho continuava a mostrar,
Queria que eu visse, os cacos
Não são para colecionar.
E na ilusão o mesmo reflexo
Indaga-me: quem é você?

1 comment:

Fê... said...

sempre venho até aqui, mesmo que não comente, venho ver seus escritos... gosto deles.
um beijo!