Thursday, July 16, 2009

Tem carta para ti.

Aqui ó, uma coisa surgindo,
Na mente inquieta, cutucada
Pela falta de sono.
Queima feito álcool no sangue.
Se arrefecendo e
Aquecendo os sentimentos.
Einstein se vivo, gostaria de ver
O turbilhão de energia concentrada
E Se expandindo na “caxola”.
Eu tava dormindo, mas A Mente
Mandou: levanta-te, tem carta para ti.

No comments: