Thursday, July 16, 2009

Castelo de Vidro

Você despedaça meu castelo de vidro
Minha pequena princesa de cristal,
O tempo que me dás, não é necessário
Para que eu expresse todo o amor
Que lhe tenho e lhe quero dar.
Mas o teu coração ainda tem inquilino,
E não pode assim, aí me alojar.
Bem sabes tu, como anda meu coração,
E o que pretende essas veias cheias de amor.
Sem saída sou obrigado a te fazer saber,
Que vou roubar teu lindo coração pra mim,
E te levando comigo, farei feliz a tua vida!
Te afastarei do veneno que a macula...
E assim extirpar de uma vez por todas,
A imagem desse mal pagador que tu
Teimas em manter locatário de seu amor.

2 comments:

vepcn said...

Quanta luz em forma de palavras, unicamente divino

vepcn said...

Quanta luz em forma de palavras, unicamente divino